The measurement of serum osmolality and its application to clinical practice and laboratory: literature review

Daniel K. Faria; Maria Elizabete Mendes; Nairo M. Sumita
J. Bras. Patol. Med. Lab. 2017;53(1):38-45
DOI: 10.5935/1676-2444.20170008

ABSTRACT

INTRODUCTION: Serum osmolality is an essential laboratory parameter to understand several clinical disorders such as electrolyte disturbances, exogenous intoxication and hydration status.
OBJECTIVE: This study aims to update knowledge about the osmolality examination through research papers published to date.
MATERIALS AND METHODS: The survey was conducted on PubMed database. It highlights main concepts, both historical and physiological aspects, and the clinical applications of the serum osmolality test. In addition, an extensive survey of formulas for the serum osmolality calculation was conducted.
DISCUSSION: The measurement of serum osmolality is relevant in changes in intracellular and extracellular balance, as a trusted and valuable indicator of solute concentration in the blood. The mathematical equations for serum osmolality calculation acquire relevance in health services where serum is not available, and situations in which calculation of the osmolal gap is necessary, but the variability of the formulas is a significant bias.
CONCLUSION: The measurement of serum osmolality is useful in cases of dehydration, sodium and potassium disorders, glucose alteration, exogenous poisoning, adrenal insufficiency, neurological injury, physical exercise and others.

Keywords: osmolar concentration; osmosis; osmometry; plasma osmolality; serum osmolality; osmolal gap.

RESUMO

INTRODUÇÃO: A osmolalidade sérica constitui um parâmetro laboratorial importante para compreensão de diversas desordens clínicas, como os distúrbios eletrolíticos, as intoxicações exógenas e o status de hidratação.
OBJETIVO: Este trabalho visa atualizar os conhecimentos acerca do exame de osmolalidade por meio da pesquisa de artigos científicos publicados até a presente data.
MATERIAIS E MÉTODOS: A pesquisa foi realizada no banco de dados do PubMed. Este artigo de atualização aborda os principais conceitos, aspectos históricos, aspectos fisiológicos e aplicações clínicas do exame de osmolalidade sérica. Foi também realizado um levantamento das diferentes fórmulas propostas para o cálculo da osmolalidade sérica.
DISCUSSÃO: A medida da osmolalidade sérica é pertinente nas alterações do equilíbrio intra e extracelular, sendo um bom indicador para avaliar as concentrações de solutos no sangue. As fórmulas matemáticas para o cálculo da osmolalidade sérica são úteis quando a medida laboratorial não está disponível, bem como nas situações em que o cálculo do gap osmolal se faz necessário, mas a variabilidade das fórmulas é um viés significativo.
CONCLUSÃO: A medida da osmolalidade sérica é útil na avaliação de diversas condições clínicas, como na desidratação, nos distúrbios dos íons sódio e potássio, nas disglicemias, nas intoxicações exógenas, na insuficiência adrenal, nas lesões neurológicas, nos exercícios físicos, entre outras.

Palavras-chave: concentração osmolar; osmose; osmometria; osmolalidade plasmática; osmolalidade sérica; gap osmolal.