Blood collection on filter paper for HIV antibodies detection: experience of SampaCentro Project

Marcia J. Castejon; Rosemeire Yamashiro; Carmem A. F. Oliveira; Carmen Lúcia Soares; Maria Amélia S. M. Veras
J. Bras. Patol. Med. Lab. 2015;51(2):91-98
DOI:10.5935/1676-2444.20150016

ABSTRACT

INTRODUCTION: Blood samples collected on filter paper (dried blood spot [DBS]) is an immunoassay that has been used for antibodies screening.
OBJECTIVE: To evaluate the strategy of DBS blood collection for detection of HIV antibodies, evaluation of Q-Preven HIV 1 + 2 – DBS kit lot, and to analyze the stability of DBS samples.
METHOD: Blood collection on DBS was performed according to World Health Organization (WHO) recommendations. The evaluation of the kit lot for HIV antibodies detection was performed using delta (d) values from the results of 774 DBS samples from volunteers men who have sex with men (MSM) recruited in the central region of São Paulo city, Brazil.
RESULT: DBS blood collection was performed without complications. The positive (5.26) and negative (5.23) delta values allowed to clearly differentiate HIV antibodies reactive and non-reactive samples. We observed good performance of the kit lot and samples were stable on DBS form.
CONCLUSION: Blood collection on DBS is feasible for the study of MSM population and is suitable for laboratory routine. The overall performance of Q Preven HIV-1 + 2 – DBS kit was satisfactory, having reached the quality levels required for the development of this study.

Keywords: filter paper; HIV diagnosis; ELISA; antibodies.

RESUMO

INTRODUÇÃO: As amostras de sangue colhidas em papel filtro (DBS) têm sido utilizadas na triagem de anticorpos por meio de imunoensaios.
OBJETIVOS: Avaliar a estratégia de colheita de sangue em DBS para detecção de anticorpos contra o vírus da imunodeficiência humana (HIV), verificar o lote do kit Q-Preven HIV 1+2 – DBS e analisar a estabilidade das amostras DBS.
METODO: A colheita de sangue em DBS foi realizada conforme recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). A avaliação do lote do kit para detecção de anticorpos anti-HIV foi feita por meio do valor de delta a partir dos resultados das 774 amostras DBS provenientes de voluntários homens que fazem sexo com homens (HSH) recrutados na região central da cidade de São Paulo, Brasil.
RESULTADO: A colheita de sangue em DBS foi realizada sem intercorrências. O indicador delta positivo (5,26) e negativo (5,23) permitiu discriminar com clareza amostras anti-HIV reagentes e não reagentes. O lote do kit apresentou bom desempenho e as amostras permaneceram estáveis na forma de DBS.
CONCLUSÃO: A colheita de sangue em DBS mostrou-se factível para o estudo realizado com a população HSH e foi adequada para a rotina laboratorial. O desempenho global do kit Q-Preven HIV 1+2 – DBS foi satisfatório, com a qualidade requerida para o desenvolvimento deste estudo.

Palavras-chave: papel filtro; diagnóstico anti-HIV; ELISA; anticorpos.